SAMASA

Notícia


25/01/2019 - Prefeitura Municipal e SAMASA inauguram novo reservatório na ETA de Tr

Prefeitura Municipal e SAMASA inauguram novo reservatório na ETA de Tr

Em 23/01/2019, dia em que Três Barras completou 58 anos de emancipação política, a cidade recebeu a inauguração do novo reservatório na Estação de Tratamento de Água (ETA). Com capacidade de 300 mil litros de água e um investimento aproximado de R$319 mil, o novo reservatório trará mais agilidade ao sistema de distribuição de água.
A iniciativa da prefeitura em priorizar a construção deste novo reservatório foi enaltecida por Diego Borges, representante da direção da EBS (Empresa Brasileira de Saneamento), empresa terceirizada contratada para administrar os serviços no SAMASA. “Quem ganha com esta obra é a população, pois o abastecimento de água terá mais autonomia, segurança e qualidade”, explicou.
O gerente de operações da EBS no município, Osmar Cordeiro, apontou a capacidade de reservação da água com o novo equipamento. “O que antes operava em torno de 15% nos horários de pico de consumo de água, agora teremos cerca de 50%”, disse.
O vice-prefeito, Gilson Nagano, afirmou que os avanços nos serviços de distribuição de água na cidade são perceptíveis. “Falo isso não como governante, mas sim como usuário”, declarou.
“A Prefeitura e o Samasa já investiram mais de R$ 1 milhão entre obras e serviços em diversos pontos da cidade”, apontou o Prefeito Luiz Shimoguiri.
Em pouco mais de dois anos, recursos também foram aplicados na melhoria e modernização de equipamentos e sistemas. “É um trabalho conjunto e que tem o importante apoio da Prefeitura e da Câmara de Vereadores, e que nos deram o respaldo necessário para que pudéssemos executar todas essas melhorias”, explicou o presidente do Samasa, Ernani Wogeinaki.
A nova estrutura em aço carbono - com capacidade para 300 m³ de água - praticamente duplica a capacidade de reservação da cidade, que passa de 370mil litros para 670 mil litros de água. Isso significa que, em caso de pane no sistema, a distribuição pode ser mantida por um período igual ou superior a quatro horas.
 



voltar